Tinha acabado de acordar, um pouco mais cedo que o usual, e na cama mesmo, como faço todas as manhãs, comecei a ver as novidades do dia. Quando abri o whatsapp, me deparei com a melhor surpresa do ano, a Ana e o Diego, estavam nos chamando para ser padrinhos do Lucas, o filhote deles que havia nascido em Julho.

Afilhado L.
Acho que li a mensagem umas vinte vezes, para ter certeza que estava lendo a coisa certa, e foi então que pulei do outro lado do cama para acordar o Kiko e contar a novidade! O coitadinho nem sabia o que pensar, pois estava atordoado de ter sido “atropelado” por uma doida berrando ao lado dele.

Sim, eu sabia dos riscos dessa minha manobra, pois o Kiko quando acorda assustado, sai esmurrando o mundo (risos) … mas ele tinha que saber e eu não ia conseguir espera-lo acordar para contar (mesmo que isso fosse acontecer em apenas 5 ou 10 minutos!).

 

Agora, deixa eu contar sobre meus novos compadres…

Compadres Aussies

Conhecemos a Ana e o Diego, meio que sem querer na Australia, 3 meses depois de termos desembarcado em Brisbane. (Vocês lembram que moramos na Australia de 2010 à 2013, né?)

Então, depois da grande enchente, em janeiro de 2011, que parou a cidade por alguns dias, eles estavam a procura de brasileiros e paraguaios que estavam precisando de ajuda, e foi assim que encontraram nosso blog, e nos mandaram uma mensagem perguntando se precisávamos de alguma coisa …

Fiquei tão comovida com essa oferta vindo de estranhos, e apesar de estarmos todos bem, graças a Deus, perguntei se poderíamos combinar de nos encontrar quando a água abaixasse … pessoas assim, que se fazem disponíveis, só podiam ser gente boa. Eu precisava conhecê-los! 🙂

E eis que surgiu nossa amizade, e desde esse dia, a gente se via praticamente todos os finais de semana. Eram nossos companheiros de praia, churrasquinho, noite de comilança, mudanças, risadas das piadas infames do Kiko e algumas viagens esporádicas. Hoje, já faz 4 anos que não os vemos pessoalmente, mas o carinho sempre esteve presente …

Diante dessa distância física e o problema do fuso horário, nos encontrarmos online para conversarmos sem se planejar, não é uma tarefa fácil. Então, a Ana, cansada de esperar eu responder as mensagens do whatsapp imediatamente, resolveu fazer o convite assim, de zap mesmo, e quase causou o um ataque cardíaco nessa pessoa que vos escreve, porque sério, eu NUNCA sonhei com esse convite 🙂

Agora, deixa eu falar da Ana …

Comadre Ana

Apesar de apenas 2 anos de convivência, sempre considerei a Ana minha maior e grande amiga, pela primeira vez entendi o que é ter uma “melhor amiga” na vida adulta, uma irmãzinha que sempre quis ter. Nossos pinos bateram desde que nos conhecemos!!!

A Ana tem um coração gigante e transparente, onde quer que ela passe, ela cativa as pessoas… e eu sou dessas pessoas que teve s sorte de encontrá-la pelo caminho e fazer parte do seu ciclo de amizade.

E aí veio o convite …

Agora, eu e o Kiko teremos mais um moleque lindo para chamar de afilhado, junto com o Ian, ele vai deixar nossa vida mais feliz e mais completa… nossa família adotada e espalhada pelo mundo! Brasil – Canadá – Australia …

Ana e Diego, se vocês soubessem a felicidade que nos proporcionaram!! Obrigada de coração! Estamos contando os dias para vê-los novamente, dar um abraço imenso em vocês e conhecer nosso Lucas pessoalmente!

Espero que mesmo distante, a gente consiga se fazer presente na vida do Lucas e honrar esse voto de confiança que nos depositaram …