Chegou dia 15 e com ele um novo tema para projeto Vida em TO. Dessa vez escolhemos falar sobre nossa opinião antes e depois da mudança para Toronto.

Vou selecionar alguns tópicos e falar sobre eles. Conto com o feedback de vocês nos comentários para discutirmos mais sobre o tema, que é bastante relevante, especialmente para quem está chegando em Toronto:

1- Alugar apartamento

Eu levei um choque quando cheguei em Toronto (em 2000) e a grande maioria dos apartamentos para alugar eram “rentals”, apartamento feitos somente para alugar (sem proprietário). Eu que estava acostumado com os prédios de São Paulo, achei (quase) tudo horrível, velho e caríssimo! Estava imaginando aquela modernidade e me dei mal.

Ainda bem que hoje essa realidade já está bem diferente e os novos condos estão não só mudando a realidade dos alugueis, como também o skyline da cidade. O preço continua absurdamente caro, especialmente com o boom imobiliário de Toronto, mas sinto que tem mais opções… e a gente agradece!

2- Canadenses (nã0) são pessoas frias

A gente sempre escuta que canadenses são pessoas frias, e quando cheguei estava com muito receio de não me adaptar. Ainda bem que estava enganada, o grau de educação do povo canadense é inacreditável, palavras “please” e “sorry” são usadas com tanta frequência que deveria ser exportado para o mundo!

Mas como já mencionei em outros posts, esse grau de educação e ter o senso de não invadir a privacidade do outro sem ser chamado, as vezes fica mais difícil criar um relacionamento mais íntimo com canadenses, mas basta um esforcinho um pouquinho maior, que tudo dá certo. A maioria dos meus amigos por aqui são brasileiros ou imigrantes.

3- Nem neva tanto

Eu achei que o inverno era muito mais forte e que nevasse muito mais em Toronto do que realmente acontece.

Quem mora nos bairros ou subúrbios ao norte da cidade, tem certa desvantagem nesse quesito, mas quem mora perto do lago, tudo é bem mais ameno! E depois de morar em Ottawa, e viajar pelo Canadá, eu afirmo que essa é uma grande vantagem messsssmo… 🙂

4- Tem gente do mundo inteiro

A diversidade e multiculturalidade de Toronto foi algo que me impressionou desde o dia que andei na cidade pela primeira vez. Não tinha idéia que existia um lugar com gente de todos os lugares do mundo, onde as pessoas se respeitam e vivem bem.

Na verdade, é algo que continua me impressionando e hoje, como canadense, sinto um orgulho danado de tudo isso 🙂

 5 – Igual, mas muito diferente dos Estados Unidos

Eu imaginava que o Canadá fosse a cópia dos Estados Unidos; em aparência, estilo de vida e mentalidade. Mas logo que se chega no Canadá, a gente percebe que somente a aparência que tem uma certa semelhante, no resto, o Canadá tem muita personalidade e não quer ser como o vizinho.

Especialmente em assuntos relacionados a diversidade, armamento e saúde pública, o Canadá, na minha opinião, está há anos luz da terra do Tio Sam. E essas são as principais razões que eu amo cada dia mais esse país.

6- Currículo Vitae

Não precisar colocar tantos detalhes pessoais no currículo (resume em inglês) é uma benção. Sério, ninguém espera saber sua idade, estado civil, número de filhos e dados públicos como CPF e RG na sua apresentação para um emprego. Na verdade é crime esse tipo de pergunta, pois isso não pode ser motivo para desclassificar um candidato.

Claro que nem tudo são flores, pois tem a tal “experiência canadense”, que atrapalha muito o imigrante recém chegado. E processo de seleção, em nenhum país do mundo é perfeito … mas c’est la vie!

7- Seguro Saúde

Eu que estava acostumada no Brasil a escolher meus médicos e ir direto ao um especialista, quando cheguei no Canadá, não gostei do sistema de médico de família.

Mas depois que comecei a entender o sistema de saúde canadense, eu acho o processo mais digno e justo, pois todos tem os mesmos direitos. A fila vale para todo mundo e não somente para quem tem dinheiro!

8- Uma grande pequena cidade

Apesar de Toronto ser a quarta maior cidade da América do Norte, eu particularmente não sinto essa imensidão no meu dia a dia. Logo que cheguei, achei interessante como os bairros tem personalidade e a gente tem a impressão que pode dar a volta ao mundo em somente uma cidade. Somente downtown te deixa um pouco intimidado por causas dos prédios, mas ela é limpa, segura e minha queridinha (eu moro em downtown, para se ter uma idéia do quanto gosto daqui!).

Mais aventuras pelo Canadá …

===============

Leia também os artigos das outras meninas, que todo dia 15, escrevem sobre nossa Vida em TO:
Carina Iani de Barros: Outside Brazil
Gabriela Ghisi: Gaby no Canadá
Livi Souza: Baianos no Polo Norte
Mariana Cimini: Virei Canadense