Serra da Canastra – Roteiro parte baixa (de carro)

No post anterior, falamos sobre as dicas práticas da Serra da Canastra, para o pessoal que está indo para a região de São Roque de Minas (onde fica propriamente dito o Parque Nacional Serra da Canastra).

Agora é hora de contar como foi nosso roteiro de 2 dias cercado de muita natureza, calmaria e beleza! Quem vêm?

Serra da Canastra no por-do-sol

Viaje comigo pela Canastra!!!

Basicamente os roteiros se confudem, já que o ponto principal das duas partes da Serra da Canastra é a Cachoeira Casca d’Anta; na parte baixa você vai apreciar sua queda d’água e na parte alta, você poderá se banhar em suas águas. Para curtir tudo isso com calma, a recomendação é guardar um dia para cada roteiro.

Serra da Canastra – parte baixa

A sugestão desse roteiro pela parte baixa da Canastra foi do Vicente, proprietário da pousada Fazendinha da Canastra, e de onde iniciamos nosso percurso… Seguimos tudo a risca, e como fomos pra lá na época de seca (metade de abril a metade de outubro), deu para fazer tudo de carro (no nosso caso, um Livina) – aconselho sempre antes de arriscar o carro, perguntar sobre as condições da estrada para o pessoal da pousada… assim evita-se surpresas desagradáveis, pois aquilo alagado, deve ser complicado para carro.

Nossa primeira parada, foi alguns kilometros da Fazendinha, a foto abaixo mostra um pouquinho do visual!!! Não tem erro, quando ver essa placa, pare o carro e apreciei, lá de cima já é possível ver o Rio São Francisco e a Chapada da Serra da Canastra… um cenário lindo! Só hoje percebo o quanto as chapadas são presentes na geografia brasileira, seja ela pequena, grande ou famosa, basta olhar as paisagens para logo ver uma! Muito especial e comprova o quanto nossa geografia é antiga:)

Serra da Canastra parte baixa

A chapada da Serra da Canastra toda imponente ao fundo…

Mais adiante, virando para a Fazenda Passaredo, você estaciona o carro e passa pela ponte de madeira… não é nada inesquecível, mas pra mim, foi meu primeiro encontro com o rio São Francisco, daquele jeito que a gente pode tocar, sentir e viajar… na Canastra, o Velho Chico não é imponente como em outras regiões do Brasil, mas é lá que ele nasce e dá vida a tantas regiões! 

Ponte de madeira da Serra da Canastra

Ponte de Madeira e o rio São Francisco a caminho da Fazendo Passaredo …

Retornando a estrada principal, demos uma paradinha na fazendinha do Tio Zezico… no fundo do sítio, ele tem uma piscina natural que é uma delícia; pequena, geladinha e tranquila… e como a tivemos só pra gente, foi ainda mais especial! Antigamente ele não cobrava para entrar, mas atualmente ele pede um agrado para ajudar com as despesas, se a memória vai bem eram R$2 por pessoa… porque não, né?

Casa do Tio Zezico na Serra da Canastra Piscina natural do Tio Zezico

Da casa do Tio Zezico, já dava para ver o que estava nos aguardando bem ao longe… a Cachoeira Casca D’Anta! Uma beleza de lugar, ela é o ponto central da Serra da Canastra e tem a maior queda do rio São Fancisco (aprox. 186m) …

Cachoeira Casca D'anta

Brincando e caminhando na Casca D’anta (Foto jacu? Quem nunca? :) )

Para se chegar bem pertinho da cachoeira, é preciso seguir uma trilha bem fácil de 3km (retorno) que faz parte do Parque Nacional Serra da Canastra (R$6,50 adultos brasileiros e R$13 adultos estrangeiros). Aos aventureiros de plantão, continuando essa trilha, há uma outra bem mais difícil que te leva para a parte alta da chapada, nós não fizemos, pois estávamos acompanhados das nossas mães e sabíamos que iríamos pra lá no outro dia! Mas deve ser bem bacana…

Aliás, achei essa paradinha na  trilha da Casca D’anta o lugar ideal para se fazer um picnic … Fica a dica!

Não é certa a versão de onde vem o nome da cachoeira Casca D’Anta, mas diz a lenda que vem das árvores casca d’anta, que têm também esse nome devido ao número de antas que existiam na região…

Cachoeira Casca D'anta Serra da Canastra

Só um(a) anta não cai de queixo por essa cachoeira Casca D’Anta!”

De cachoeira seguimos novamente pela estrada principal até o Morro do Carvão… e como bem disse o Vicente, a vista de lá paga a viagem, o resto, é lucro! E ele se provou certo (mais uma vez eheheh) :) .

No caminho para o Morro do Carvão

No caminho para o Morro do Carvão

Visual da Serra da Canastra

Visual da Serra da Canastra desde o Morro do Carvão! Essa vista já paga a viagem :)

Morro do Carvão

Não basta ser mãe … tem que participar!!! (Eu, minha mãe e a mãe do Kiko)

Depois foi só pegar o caminho da roça (o mesmo caminho da ida) e ir pra pousada descansar com um bom vinho (que nós havíamos levado), comidinha de forno a lenha (da Fazendinnha) e ir pra cama cedo!

PS: Para quem estiver com carro 4×4, é possível continuar a estrada e com certeza se deparar com outras belezas da natureza… nós já estávamos saciados e só aguardando o dia seguinte!

Todos os posts da Serra da Canastra aqui do Mikix:
- Serra da Canastra – Introdução e dicas de pousadas
- Serra da Canastra – Roteiro parte baixa (de carro)
- Serra da Canastra – Roteiro parte alta (de 4×4)

Categoria(s) de viagem: América LatinaBrasilMinas GeraisSerra da CanastraViagens

Curta o blog de viagem Mikix no Mundo no facebook:

Texto por Mirella

Morando fora do Brasil desde 2000; já chamou de "casa" países como Canadá, Australia, Holanda e atualmente está na Flórida, Estados Unidos Pedagoga que virou analista de sistemas e hoje, além de blogueira, trabalha como agente de Intercâmbio. Adora viajar, tirar fotografias (bem amadoras) e não dispensa um vinho e muito menos um chocolate! Mantem o blog mikix mikix.com e o viajoteca.com como hobby, tentando fazer disso uma profissão (lucrativa, risos!)!

8 Comentarios

  1. Paisagens de tirar o fôlego :-) Amei as fotos jacú hehehe! Me lembrou a Chapada Diamantina, adoro fazer trilhas assim. Bjs

  2. Demorei, mas finalmente postei sobre a Serra da Canastra e região! Citei esse seu post lá, http://taindopraonde.blogspot.com.br/2013/08/serra-da-canastra-furnas-e-regiao-mg.html. Amanhã tem mais!

  3. juliana says:

    adorei a forma como expos a serra da canastra…obrigada pelas dicas! estou planejando nossa ida para agora em janeiro, na lama! rsrs. obrigada!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *