Viajar de carro no Canadá é uma das formas mais fáceis de se locomover, porém, no inverno tem seus desafios e é preciso estar atento… Como esse assundo de dirigir ou não na neve está sempre em pauta nos comentário no mikix, segue aqui algumas dicas de como proceder:

A melhor dica é:

Ice and Snow, take it slow

or just don’t go!

Tradução instantânea (sem rima): “Gelo e Neve. Vá devagar… ou simplesmente não vá!”

Acredito que muitos, incluindo os nativos do congelador, já tiveram histórias “interessantes” a respeito de dirigir na neve e no gelo. Vale tudo: deslisamento, derrapagem, falta de visão, rua fechada, estrada congelada e assim por diante… uma loucura atrás de outra, que depois de enfrentar a gente lembra com risadas, mas na hora, o coração salta pela boca…

As vezes, tudo pode parecer fácil e engraçado… porém, todo cuidado é pouco, principalmente para os inexperientes e para os (que se acham) muito experientes.

O departamento de transporte do Canada fez um website cheio de explicações sobre como dirigir de forma segura no inverno que vale a pena conferir (em inglês).

E essas são minhas dicas (sem querer deixar ninguém traumatizado):

– Esteja certo que os pneus do carro sejam apropriados para inverno (winter tire), ou o carro seja 4 wheel drive ou 4×4. Na província de Quebec o uso do pneu de inverno é obrigatório de novembro a março, esteja atento ao alugar o carro.
– Nunca breque repentinamente, a tendência é o carro perder a tração e você entrar numa fria.
– Sempre dirija com atenção (não substime os “truques” do inverno).
– Tenha o kit de inverno no carro: água anti-freeze, cobertor, vela, caixa de fósforo, pá para tirar neve etc (Mais dicas aqui: “Winter Safety kit“)
– Tenha o celular sempre a mão e com bateria, né?
– Sempre use roupas apropriadas para o inverno, mesmo que você só vá até a esquina comprar um pão.
– SEMPRE verifique as condições climáticas antes de sair de casa (The Weather Networks).
– Se estiver no Canadá a passeio e pegar uma tempestade de neve ou condições nas estradas adversas, melhor ter um itinerario flexível para não correr risco nas estradas sem necessidade 😉
– NUNCA confie nas suas habilidade de Ayrton Senna…

 

E talvez a palavra mais importante: prudência! :mrgreen: