Na minha opinião, a principal coisa que um novo imigrante ou estudante deve aprender ao se mudar para o Canadá, e no meu caso, Toronto, é saber a diferença entre duas palavrinhas usadas no setor imobiliário, que nós brasileiros, não estamos acostumados: Condo x Apartment.

Sério, saber a diferença dessas duas palavras, vai mudar sua vida (risos), e você vai poder entender as nuances de como alugar em Toronto.

Condo x Apartment:

  • Apartment (rentals) : o prédio inteiro, literalmente, pertence a uma companhia, na maioria das vezes uma property manager. E essa empresa gerencia os alugueis (ou leasings, como costumamos chamar) e são responsáveis pelo local, garantindo; segurança, manutenção, limpeza, utensílios domésticos funcionando etc…
  • Condo: cada unidade (apartamento) pertence a uma pessoa ou empresa. Como os apartamentos no Brasil, cada unidade tem um dono e eles podem morar no local ou alugar, tornando-se um landlord.

Tendo isso em mente, sempre que você ver um anúncio de aluguel é importante você entender se ele é um apartment ou condo, e isso, geralmente influência o preço do imóvel. Na maioria das vezes, o preço de aluguel de um condo, vai custar mais caro que o aluguel de um apartment, mas na maioria das vezes, tem mais coisas incluída no custo do condo, que vale o investimento extra, como por exemplo; lavanderia dentro do apartamento (especialmente para os novos), academia de ginástica mais completa, salão de festa, localização etc.

Mais dicas para alugar em Toronto

– Assim como o mercado de vendas de casa ou apartamentos, a época mais agitada para troca de imóveis em Toronto, acontece entre os meses de Abril e Junho. Nesse período, você vai encontrar mais unidades disponíveis, mas ao mesmo tempo haverá mais procura. Um dos motivos é que o período letivo começa em Setembro, e os canadenses tem uma cultura engraçada de preferir fazer a mudança nos meses de verão, Julho e Agosto (apesar do calor).

– Landlord, como mencionado anteriormente, é o dono do imóvel, o locatário… acho esse novo não idade média, né? 🙂

Se seu orçamento for apertado, melhor procurar por apartments, deixando condos para uma outra oportunidade.

– Geladeira, fogão e máquina de lavar louça são itens que sempre são incluídos no aluguel,  para quem está chegando, menos coisa para comprar. A máquina de lavar roupa e secadora, nos novos condos, vêm incluídos no aluguel e se localiza na própria unidade, enquanto na maioria dos rentals/apartments, a área da lavanderia é comum para todos os inquilinos e se localiza no basement (subsolo) ou no térreo – algumas tem que colocar moedinha para funcionar.

– Geralmente, é difícil encontrar apartments no centrão de Toronto, a parte do downtown core. Então, nessa área, será mais fácil procurar pelos condos.

– Se você não sabe o quanto deve gastar por um aluguel, o Canadian Housing and Mortgage Corporation (CHMC), sugere que uma pessoa não coloque mais que 30% do salário líquido para o valor do aluguel e das utilities (contas de água, gás e eletricidade – então, veja direitinho quais utilities já estão incluídas no seu aluguel. Via de regra tudo está incluído, com exceção da eletridade (toronto hydro)).

– É comum, o landlord, pedir um check de crédito e recomendações para aprovar um processo de aluguel, então esteja preparado pra isso.

– Tenha dinheiro disponível em caisxa, pois você precisará deixar pago o primeiro e último mês de aluguel no momento do fechamento do contrato. E para os novos imigrantes, não se assustem se pedirem um adiantamente de 6 meses de aluguel, aconteceu comigo!

– Eu recomendo comprar um seguro para o apartamento, mesmo alugando. Exemplo, eu paguei C$281.88 para um ano de seguro, que inclui; $50K de contents e 2 milhões de liability. Um seguro básico, mas que nos garante tranquilidade se alguma coisa acontecer dentro do apartamento.

Se alguém tiver mais dicas, mandem na caixa de comentários, que eu acrescento aqui na lista!