Sempre que as pessoas pensam sobre lugares para se viver na Australia, logo vem em mente as grande cidades Sydney ou Melbourne, mas pra gente, sinônimo de casa nesse país tão distante significa “morar em Brisbane”! E apesar dela ter nos escolhido, e não o contrário, sou muito feliz disso ter acontecido.

Brisbane é uma cidade que praticamente oferece tudo que as grandes cidades tem, mas ela ainda conta com aquele jeitinho de cidade do interior aconchegante e amigável!

Nós viemos para Brisbane pela primeira vez em 2006 quando demos entrada no nosso visto de imigrantes (foi como uma viagem a turismo, sabe?!), retornamos por alguns meses a trabalho em 2008 e somente em 2010 viemos e ficamos por dois anos. Em julho/2017 viemos de novo a passeio e quem diria que um ano depois desembarcaríamos novamente por aqui devido a um contrato de trabalho. Pois é, o futuro sempre nos reserva surpresas!

Vira e mexa, aqui no blog, no facebook ou no instagram, as pessoas me perguntam, “Mas porque vocês resolveram morar em Brisbane?“, aí finalmente resolvi escrevi esse post com alguns dos motivos de eu adorar viver aqui 🙂

Razões para morar em Brisbane

1- Clima 

Para quem morou no Canada por tantos anos, se ver morando em Brisbane é praticamente um sonho no quesito clima! Eu sinceramente admiro muito o clima de Brisbane; subtropical, muito sol na cabeça e um friozinho light muito bem vindo nos meses de inverno!

O pessoal as vezes me pergunta se aqui faz muito calor, eu digo que simmmm, mas está longe de ser uma loucura como Darwin, e no verão, até onde eu sei, Sydney, Melbourne e Adelaide vivenciam temperaturas doidas acima de 40°C com mais frequência que aqui.

Eu acho que o clima de Brisbane lembra muito o de São Paulo, mas com mais sol e menos chuva! Pra ser sincera, acho perfeito, o Kiko acha um pouquinho quente e úmido demais, mas bem mais tranquilo que a Flórida (já “morei” lá também)!

A média de temperatura fica mais ou menos assim:

  • Verão (dezembro a fevereiro): entre 21 – 29.8°C e é quando se tem mais chuva, podendo acontecer algumas tempestades de verão ou derivadas de ciclones. Ocasionalmente pode ocorrer enchentes nas regiões mais baixas ou propensas.
  • Outono (março a maio): entre 15 – 25°C e é quando atingimos temperaturas deliciosas para passear, sem ficar suando as bicas! A chuva também dá uma acalmada.
  • Inverno (junho a agosto): entre 11 – 21°C  e é quando a gente brinca de usar bota e casaco! De manhã e a noitinha a temperatura cai, mas por outro lado é o período mais seco e céu azulzão.
  • Primavera (setembro a novembro): entre 15 – 25°C – praticamente igual ao outono!

Obviamente tem dias que são mais quentes ou mais frios que os indicados acima! Surpresinha 🙂 .

Para ver temperatura e chuva, eu uso o app BOM, mas confesso que a previsão do clima aqui da Australia deixa muito a desejar (quando comparado ao que estava acostumada no Canadá, mas com um climinha ameno desse, pra que se preocupar, né?!).

 

2- Qualidade de vida

Eu amo (amava) minha vida em Toronto, mas em questão de estilo de vida, Brisbane combina muito mais comigo. Eu e o Kiko gostamos muito de ficar do lado de fora, tanto para passear, quanto para fazer ginástica e aqui, todo dia é dia de curtir o outdoor.

O trânsito da cidade também é bem tranquilo, quando se comparado a Sydney, por exemplo. Numa dessas, você ganha tempo no commute para o trabalho e isso significa mais vida e mais presença em casa.

O transporte público poderia ser melhor, mas sinto que existe um investimento por parte do governo. Nós em particular, não podemos reclamar, escolhemos um bairro bem próximo da cidade, e praticamente não há necessidade de carro. Pra gente ônibus, uber, bike ou lime, nos levam para todo canto, e quando precisa a gente aluga carro.

3- Segurança

Brisbane atualmente é a terceira maior cidade da Australia e estima-se que em Junho/2019 ela atingirá 2.5 milhões de habitantes, logo atrás de Sydney (5.7 milhões) e Melbourne (4.8 milhões).

Nesse contexto, posso dizer que Brisbane é praticamente o céu, quando comparada as cidade do mesmo porte no Brasil. Não tenho o menor receio de sair a qualquer hora do dia por aqui, mas obviamente que tem alguns bairros mais complicadinhos!

Sim, a cidade é muito segura, mas não dá para dar mole em nenhum lugar do mundo, certo?!

E caso precise do serviço da polícia, fica aqui os números de emergência:

  • Emergency: 000
  • Policelink: 131 444
  • Crime Stoppers: 1800 333 000

3- Praias

O pessoal brinca que como Brisbane se localiza a beira de um rio, o pessoal não vai a praia, mas estão redondamente enganados. Temos praias (fraquinhas) em Brisbane, mas entre uma e duas horas de estrada encontramos praias incríveis e muitas delas praticamente vazias!!!

Isso mesmo, Gold Coast e Sunshine Coast ficam do ladinho para um bate e volta ou um final de semana de praia, e se quiser algo ainda mais “paradise feeling“, basta pegar um ferry para chegar nas ilhas paradisíacas de Moreton ou Straddie!

4- Cidade jovem

Estima-se que 24% dos moradores de Brisbane tenham entre 25-35 anos, e eu acho isso ótimo, pois a cidade ganha uma vivacidade muito legal, especialmente por ser uma moçada empregada, que busca qualidade de vida, atividades cosmopolita e novidades, isso faz com que a mentalidade provinciana, que antes era uma constante aqui em Brisbane, fique cada dia mais distante!

Sim, eu e o Kiko já somos quarentões, mas nosso espírito é jovem e buscamos sempre por locais que que tenha uma vibe de integração, boa receptividade, multiculturalidade e diversidade.

E por falar em cidade jovem, Brisbane abriga uma gama considerável de universidades, cursos técnicos e profissionalizantes, e atualmente a terceira melhor universidade da Australia, University of Queensland, fica aqui!

Eu que cresci em uma cidade universitária no Brasil, São Carlos SP, prezo esse tipo de local.



Booking.com

5- Custo de moradia (aluguel e compra)

Apesar de Brisbane não ser mais uma barganha, como há algumas décadas, quando comparada a Sydney e Melbourne, a gente ainda pode pensar em comprar um imóvel, mesmo entrando no mercado imobiliário somente agora.

Por ser uma cidade “menor”, você consegue comprar algo relativamente perto da cidade a um preço pagável (isso não significa barato!).

Dizem que o mercado imobiliário está caindo aqui em Brisbane e na Australia como um todo, mas conforme diz meu amigo: “Nos melhores bairros, isso nunca acontece!”.

Para quem vai alugar imóvel em Brisbabe, os preços apesar de não serem amigáveis, ainda são mais encaráveis que Sydney! E se você souber trocar um bairro famoso pelo vizinho mais low profile, o preço pode cair significantemente!

O website Numbeo, tem um comparativo de cidades que acho bem interessante para dar noção de valores.

Olha abaixo a comparação de Brisbane com Sydney e Melbourne:

Custo de vida entre Brisbane e Sydney

Custo de vida entre Brisbane e Melbourne

6- Jeitão relax de viver

Eu gosto muito do estilo relax de Brisbane, acho que o clima faz com que as pessoas tenham essa perspectiva menos séria da vida e o tempo por aqui anda um pouquinho mais devagar com o que estava acostumada em Toronto.

Ok, não temos a beleza de top model de Sydney, mas a cidade é um charme, acolhedora e tranquila demais! Quem vive estressado em Brisbane, precisa seriamente repensar o que está fazendo de errado!

Há também muitos parques gostosos na cidade para passar a tarde tomando sol na cabeça, praticando algum esporte, encontrando com amigos ou fazendo um Barbie (churrasco).

7- Empregabilidade

Essa questão de empregabilidade é complicado em Brisbane, pois como tudo na vida, depende da sua área de atuação e para variar, o pessoal de TI, tem uma vantagem competitiva e mais oportunidade que a maioria.

A taxa de desemprego de Queensland, estado onde fica Brisbane é a praticamente a mais alta da Australia, com uma media atual de 6.1 (dez/2018). Quando comparado a Camberra (distrito federal) com 3.6% e os estados de Victoria (Melbourne) 4.2% e NSW (Sydney) 4.3%, a coisa não está muito legal por aqui.

Mas de novo, a nível mundial, 6.2% de desemprego é praticamente nada!

Obviamente as oportunidades para brasileiros depende muito do tipo de visto que possui. Estudantes, de uma forma geral, ficam nos subempregos, mas quando se consegue ingressar no mercado de trabalho e consequentemente se tornar mais atrativo para o mercado de trabalho, aumenta-se a chance de um visto mais permanente e obviamente de melhores oportunidades.

Mas como vocês podem ter notado, esse post é mais voltado para as pessoas que pensam em morar em Brisbane já com visto de imigração, ou de trabalho ou algo mais permanente.

Os principais sites de emprego da Australia são:

www.seek.com.au
www.careerone.com.au

Sites agregadores:

au.indeed.com
www.simplyhired.com.au

E tenha sempre seu linked-in atualizado, especialmente se for da área de TI.

8- Cidade familiar

Eu acho que Brisbane tem muito cara de família, apesar da gente não ter filhos, eu facilmente ficaria por aqui para educar uma criança. Há excelentes escolas, clima agradável, segurança e o tamanho da cidade oferece oportunidade, mas tem uma tendência a ter menos problemas, especialmente para os adolescentes.


Enfim, não existe lugar perfeito e apesar de Brisbane ter sido o único lugar que já morei aqui na Australia, todas as outras cidades também tem pontos positivos e negativos.

É preciso ponderar e ver o que para você é mais importante PARA VOCÊ!

Leia mais:

Mudar de país e vulnerabilidade

Principais problemas enfrentado pelos imigrantes

Dicas: O que fazer em Brisbane!